Cine Brasília lota em sessão especial de filme sobre o médium João de Deus

Em um Cine Brasília lotado, pela primeira vez o documentário João de Deus, o silêncio é uma prece foi exibido no Distrito Federal.

A sessão especial na noite desta quarta-feira (14) contou com a participação do médium, de fiéis e de  autoridades, entre elas o governador Rodrigo Rollemberg e o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Também presentes os secretários Leany Lemos (Planejamento Orçamento e Gestão), Igor Tokarski (Meio Ambiente) e Guilherme Reis (Cultura).

Antes da exibição do filme, de 83 minutos, que narra a história do médium e do trabalho dele na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), João de Deus acolheu o público local ao lado da esposa Ana Teixeira.

“[O filme], que está mostrando a minha história, devia começar aqui dentro de Brasília. Aqui tem pessoas que tenho respeito e carinho”, relembrou.

O diretor do documentário, Candé Salles, e a roteirista, Edna Gomes, também apresentaram a obra.

Ele registrou o dia a dia do médium por cinco anos. “Esse é um filme de amor, abram o coração para entrar amor”, resumiu Salles.

A Casa Dom Inácio  é considerada o maior hospital espiritual da América Latina.

Há 16 anos Rodrigo Rollemberg frequenta o espaço. Ele falou sobre a relação com o médium: “Eu já acompanhei a cura de muita gente na casa. É um lugar de muita paz e muita tranquilidade.”

Na exibição, o governador estava acompanhado da esposa e colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg.

O filme traz relatos de fiéis de diferentes partes do Brasil e do mundo que vão até Abadiânia em busca do médium. Médicos que acompanham as sessões e artistas também aparecem no documentário.

Deixe uma resposta