Congresso peruano aprova novo pedido para destituir Kuczynski

Lima – O Congresso peruano aprovou nesta quinta-feira um novo pedido que busca destituir o presidente Pedro Pablo Kuczynski, por supostamente mentir sobre suas relações com a empresa brasileira Odebrecht, investigada em casos de corrupção.

A iniciativa, segunda em três meses promovida pela oposição, foi aprovada por 87 votos a favor, 15 contra e 15 abstenções de parlamentares no Congresso unicameral.

Kuczynski, que assumiu o cargo em julho de 2016, evitou a destituição em dezembro, graças ao apoio de parlamentares dissidentes do maior partido de oposição, Fuerza Popular, liderados pela ex-candidata presidencial Keiko Fujimori.

O Congresso deve agora chamar Kuczynski, um ex-banqueiro de centro-direita de 79 anos, para defender-se contra as acusações. A destituição do presidente exige o apoio de pelo menos 87 dos 130 parlamentares.

Deixe uma resposta