Adolescentes suspeitos de terem empurrado mãe e filha de ônibus são identificados

Os dois adolescentes que assaltaram os passageiros do ônibus e são suspeitos de terem empurrado mãe e filha de ônibus foram identificados e ouvidos nesta tarde pela Delegacia da Criança e do Adolescente de Ceilândia (DCA II). O caso ocorreu na última quinta-feira, por volta das 17h. A menina Sofia Lopes, 8 anos, ainda sofre com as sequelas dos machucados.
 
Um menor tem 17 anos e outro 15 anos. Segundo o delegado-chefe da DCA II, Juvenal de Oliveira Campos, a Polícia chegou aos menores após a averiguação das imagens do circuito interno do ônibus e do depoimento das testemunhas, que tinham indicado que suspeitavam que o crime teria sido cometido por adolescentes, armados com facas.
 
Os suspeitos do ato, apesar de terem confessado, não puderam ser apreendidos porque o flagrante já havia passado. No entanto, a Polícia Civil vê a possibilidade de pedir a internação deles, o que vai depender de decisão da Vara da Infância e Juventude. O delegado explicou que elas não teriam jogado as pessoas do veículo e sim que “as vítimas teriam entrado em pânico e tentaram sair do ônibus”. Essa informação ainda será averiguada, já que, anteriormente, haveria a possibilidade delas terem sido empurradas para fora do veículo ainda em movimento.

Deixe uma resposta